Bolsonaro decide dar um ‘empurrão’ para instalação de montadora em CG

Foto: Ascom
ANUNCIANTE

Durante breve encontro com Jair Bolsonaro nesta quinta-feira, 1, o prefeito Romero Rodrigues conseguiu o apoio do presidente da República para um importante pleito da atual pauta econômica de Campina Grande: a instalação de uma montadora de veículos na cidade, com a geração de, pelo menos, mil empregos diretos e indiretos.

Com um documento-resumo na mão, Romero explicou a Bolsonaro que, desde o inicio de setembro, com apoio do superintendente Evaldo Cruz Neto, da Sudene, vem mantendo o foco na consolidação de um empreendimento na área automotiva, notadamente na produção de veículos fora de estrada, com formatação especial para área de segurança pública.

Da parte do Município, já há assegurado uma área de 30 hectares no Complexo Aluízio Campos para a instalação do modelo de negócio, que envolve uma fábrica, uma montadora e uma pista de testes.

Com todas as etapas vencidas e até uma Carta de Intenções assinada entre o Município e a empresa interessada, Romero explicou ao presidente que falta no momento apenas um apoio financeiro por parte do Banco do Nordeste.

Bem ao seu estilo, o presidente pediu a presença do ministro Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, para viabilizar o pleito de Campina Grande.

Ainda na pista do aeroporto, Rogério Marinho decidiu fazer um contato por telefone com o presidente do BNB, Romildo Rolim. Tão logo Rolim atendeu, passou para o presidente da República.

De forma objetiva, após os cumprimentos de praxe, Bolsonaro recomendou total atenção à demanda que seria apresentada pelo prefeito de Campina Grande, nos próximos dias e passou para Romero. Ficou acertado que a reunião já será na próxima segunda-feira, 5, em Fortaleza, na presidência do banco.

O prefeito agradeceu a atenção e acolhida do presidente a mais um pleito de Campina Grande, com a agilidade que o assunto requeria. “Campina e seu povo podem sempre contar comigo, Romero”, respondeu Bolsonaro.

ANUNCIANTE