Ala do PT abre dissidência e decide apoiar outro candidato em CG

ANUNCIANTE

Um grupo com pelo menos 77 filiados ao Parido dos Trabalhadores (PT) se reuniu nesta quinta-feira (02), por vídeo conferência, e decidiu não seguir a posição da direção municipal em apoio à candidatura de Inácio Falcão (PCdoB) para prefeito de Campina Grande.

Eles decidiram apoiar a candidatura do professor Olímpio Rocha, do PSOL. Os dissidentes elaboraram um manifesto onde elencam as razões para a mudança.

O texto cita que “por um projeto popular, progressista e de centro-esquerda para Campina Grande e para fazer valer a unidade e a coerência, nós, militantes petistas, dirigentes e ex-dirigentes partidários declaramos o nosso engajado apoio à chapa do PSOL/PSB para a prefeitura de Campina Grande, representada pelo companheiro Olímpio Rocha (Psol), candidato a prefeito, e pela companheira Sheylla Campos (PSB), candidata a vice-prefeita”.

Assinam o documento 77 membros do partido em Campina Grande.

Veja íntegra do documento

MANIFESTO

ANUNCIANTE